Browsed by
Categoria: PUBLICAÇÕES

Publicações de artigos Thais Flores

Felizmente há ironia: um estudo da ironia em Felizmente há luar

Felizmente há ironia: um estudo da ironia em Felizmente há luar

Felizmente há ironia: um estudo da ironia em Felizmente há luar. Ensino de inglês através de técnicas de teatro Inversão do sagrado em “Hospício da terra santa” The Spoken Seen. Language and cultural interaction in Savages. The Elegy as a separate genre in English literature

Teaching English Through Theatre Techniques

Teaching English Through Theatre Techniques

Teaching English Through Theatre Techniques. Felizmente há ironia: um estudo da ironia em Felizmente há luar. Ensino de inglês através de técnicas de teatro Inversão do sagrado em “Hospício da terra santa” The Spoken Seen. Language and cultural interaction in Savages. The Elegy as a separate genre in English literature  

Representation and Identity: Shakespeare in the forties

Representation and Identity: Shakespeare in the forties

Representation and Identity: Shakespeare in the forties. Teaching English Through Theatre Techniques. Felizmente há ironia: um estudo da ironia em Felizmente há luar. Ensino de inglês através de técnicas de teatro Inversão do sagrado em “Hospício da terra santa” The Spoken Seen. Language and cultural interaction in Savages. The Elegy as a separate genre in English literature  

Imagens do Brasil na poesia de Elizabeth Bishop

Imagens do Brasil na poesia de Elizabeth Bishop

Imagens do Brasil na poesia de Elizabeth Bishop. Representation and Identity: Shakespeare in the forties. Teaching English Through Theatre Techniques. Felizmente há ironia: um estudo da ironia em Felizmente há luar. Ensino de inglês através de técnicas de teatro Inversão do sagrado em “Hospício da terra santa” The Spoken Seen. Language and cultural interaction in Savages. The Elegy as a separate genre in English literature  

Colonial Discourse revisited: Heart of Darkness

Colonial Discourse revisited: Heart of Darkness

Publicações avulsas: Colonial Discourse revisited: Heart of Darkness. Imagens do Brasil na poesia de Elizabeth Bishop. Representation and Identity: Shakespeare in the forties. Teaching English Through Theatre Techniques. Felizmente há ironia: um estudo da ironia em Felizmente há luar. Ensino de inglês através de técnicas de teatro Inversão do sagrado em “Hospício da terra santa” The Spoken Seen. Language and cultural interaction in Savages. The Elegy as a separate genre in English literature  

Intermidialidade e escrita em A Tempestade, de Shakespeare

Intermidialidade e escrita em A Tempestade, de Shakespeare

O projeto visa a analisar as transposições/reescritas da peça, The Tempest, de William Shakespeare, assumindo, a princípio, que ela servirá de pretexto para representar o pensamento/sonho de cada período/década em que foram reescritas. Pretende-se estudar as reescritas que tenham Próspero, o mágico, não como o “opressor global branco, ocidental masculino”, mas como  principal ator em seu próprio drama, característica tanto da crítica da autoridade quanto da crise de legitimação inerentes ao pós-modernismo. Interessam-me as produções que se manifestam não só…

Read More Read More

Intermidialidade: o caso de Shakespeare

Intermidialidade: o caso de Shakespeare

Este projeto une os estudos sobre Shakespeare e suas reescritas ao conceito de intermidialidade, para analisar obras derivadas dos textos do dramaturgo. Mostram-se particularmente úteis, como ferramenta de trabalho, o conceito de “intermidialidade” cujos estudos abrangem os aspectos intermidiáticos e  intertextualidades inerentes à  produção contemporânea.  Interessam-me particularmente as produções que se manifestam não só como espetáculos teatrais, textos dramáticos e filmes, mas também em forma de pinturas, gravuras, ilustrações, instalações e composições musicais. Objetiva-se, portanto, analisar as relações entre textos…

Read More Read More

A crítica como fator modelador de adaptações fílmicas recentes

A crítica como fator modelador de adaptações fílmicas recentes

O projeto pretende verificar a hipótese de que a produção de adaptações cinematográficas recentes tenha sido influenciada pela crítica especializada que, cada vez menos, valoriza critérios literários e relações com um pretenso “original”, priorizando então elementos propriamente cinematográficos e os múltiplos significados gerados pela especificidade da  criação fílmica. Pretende ainda identificar os critérios adotados pela atual crítica cinematográfica e investigar até que ponto adaptações recentes mostram-se em consonância com os novos parâmetros estabelecidos.   Publicações  relacionadas:   Is truly an…

Read More Read More

Os enleios de Lear: da semiótica à tradução cultural

Os enleios de Lear: da semiótica à tradução cultural

Projeto de doutorado Os enleios e Lear: da semiótica à tradução cultural Com base em teorias recentes sobre tradução, o projeto teve o objetivo de analisar quatro versões fílmicas da peça de William Shakespeare, King Lear, produzidas nas décadas de 70 e 80, por cineastas de diferentes nacionalidade. Além de traduções intersemiótics óbvias, essas versões exemplificam também traduções transculturais, já que o fator cultural mostrou-se responsável pela maioria das transformações ocorridas.Entre os procedimentos resultantes, destacaram-se a transliteração ou a naturalização…

Read More Read More

Estudos sobre a intermidialidade

Estudos sobre a intermidialidade

Resumo do projeto: Este é um projeto guarda-chuva proposto pelo Intermídia: Grupo de pesquisa sobre a intermidialidade. Representa uma continuação do projeto intitulado “Estudos sobre a intermidialidade”, iniciado em 2005 quando da fundação do grupo. Contém vários sub-projetos, coordenados pelos diversos membros do Grupo de Pesquisa. O projeto visa a  discutir o conceito de intermidialidade, e o lugar dos estudos das relações entre as várias formas de discurso/ arte/ texto, que têm sido focalizadas sob a perspectiva da Literatura Comparada…

Read More Read More

Como os pintores “traduziram” Hamlet

Como os pintores “traduziram” Hamlet

http://dx.doi.org/10.5007/2175-7968.2015v35n1p86 Resumo: Textos literários sempre ofereceram terreno fértil para “traduções” em outros sistemas semióticos. As peças de Shakespeare não são uma exceção já que artistas vêm traduzindo semioticamente suas obras, principalmente para as artes visuais, e predominantemente para a pintura. Utilizando a terminologia de Benton & Butcher para classificar pinturas das peças de Shakespeare, este ensaio, analisa três imagens baseadas em Hamlet. Em seguida descreve o quadro de Daniel Maclise que se refere à “peça dentro da peça”, comparando-o com o…

Read More Read More

Intermidialidade em produções culturais contemporâneas

Intermidialidade em produções culturais contemporâneas

O conceito de “intermidialidade” revela-se particularmente adequado para a análise da produção contemporânea, marcada pela falta de limites entre as artes e as mídias. Esse é um aspecto dominante da produção de Robert Lepage — filmes e performances — incorporada a meus objetos de estudo. O trabalho desse artista, que também é dramaturgo, ator e diretor, revela-se altamente intermidiático, na medida em que explora diferentes tipos de espaços literais e metafóricos (geológicos, geográficos, matemáticos e os espaços internos e externos…

Read More Read More